segunda-feira, 4 de abril de 2011

Relação sexual pode causar espirros constantes


Você sabia que se estiver espirrando perto de outras pessoas pode ter alguém que pense que você está tendo fantasias sexuais com quem estiver à sua volta? É que relações sexuais e até mesmo as fantasias podem provocar espirros.

Não é brincadeira. Segundo uma pesquisa feita por cientistas do Hospital John Radcliffe, em Oxford, os espirros constantes podem ser uma consequência de pensamentos sobre sexo, inspirados por alguém que esteja ao lado, ou de ter acabado de ter uma relação sexual.

O brilhante resultado foi conseguido através do estudo de um paciente de meia-idade, que cada vez que ele pensava desejosamente em alguém, ele começava espirrar incontrolavelmente. 

Não sei se isso já aconteceu com você que está lendo este post, mas os casos até agora documentados em todo o mundo são 17, mas é certo que eles não estão sozinhos, sempre há quem não conte pra ninguém.

Espirros devido a desejo sexual afetam igualmente homens e mulheres e parece ser hereditário. Muitas pessoas têm ataques de espirros constantes depois de um orgasmo. Dada a sensibilidade da questão, é plausível que essas pessoas não gostem de comentar, mas há casos documentados na literatura. 

A explicação? Ela remonta a herança ancestral antiga, como explica Andrew McCombe, especialista em Frimley Park Hospital.
"Haja tecido erétil no nariz. Se estiver envolvido na excitação de uma relação sexual, pode provocar espirros. É a "rinite lua de mel".
Assim, tanto durante a relação sexual quanto ao avistar uma possível presa, pode se desencadear uma série de reações do sistema nervoso, totalmente fora do controle. 

Uma coisa é certa. Da próxima vez que você tiver espirros constantes irá lembrar desse artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário